25 de julho: o poder místico do dia fora do tempo

25 de julho - o dia fora do tempo

O dia 25 de julho é chamado de “O Dia Fora do Tempo”, pois é o culminar do ano calendário de 13 luas originado da ciência maia do tempo – fecha 13 luas de 28 dias = 364 dias. Nesse sentido, o dia fora do tempo é o dia extra, o 365º dia, o último dia do ano galáctico no calendário maia.

25 de julho é um dia livre de tempo, diz-se que está carregado de energia espiritual e com uma abertura atípica de portais de energia, o que permite uma ligação mais intensa com o mundo espiritual.

É comparado ao 31 de dezembro do calendário gregoriano e, como tal, é comemorado por pessoas de todas as culturas que reconhecem a importância de uma contagem natural do tempo.

A importância do dia fora do tempo no calendário maia

Julho é visto como um mês onde ocorre uma interseção sagrada do tempo. De acordo com o calendário maia, neste mês em particular há dois dias sagrados, ambos marcando um fim e um começo.

No dia 25 de julho entramos no portal do dia fora do tempo, um lugar onde tudo e nada existe simultaneamente. Da mesma forma que realinha o calendário de 13 Luas e o ano solar, também é um dia especial para realinhar nossas próprias energias.

Precisamos vê-lo como um momento de mudança, projeção e avaliação, perfeito para deixar ir o que não nos serve mais e que não deveria fazer parte do novo ciclo que agora se inicia. A gratidão também é um dos melhores exercícios que podemos fazer nesta data. Devemos ser gratos especialmente pelo que nos incomodou, pois nos fez avançar. Talvez seja pelas dificuldades que mais temos a agradecer, recebendo com igual alegria as lições que nos deixaram.

Apesar de 26 de julho marcar o início de um novo ciclo, o dia fora do tempo é mais importante para os maias do que o ano novo maia em 26 de julho.

O dia da semente amarela

O dia fora do tempo também é chamado de dia da Semente Amarela. Ele nos pede para conhecer o poder de nossas intenções, palavras e ações, assim como sementes vivas lançadas no campo.

Neste dia em particular, precisamos nos capacitar para nos alinharmos com o poder gerador da terra, prontos para plantar sementes do novo. E precisamos plantar essas sementes com intenção, acreditando no fruto, na flor, imbuídos de esperança.

Aproveite este dia para focar em si mesmo e em seus verdadeiros desejos, para meditar sobre seus sonhos, objetivos e esperanças, para absorver a energia poderosa que está abraçando o Universo nesta data.

25 de julho: concentre-se no momento presente

No livro “The Mayan Oracle – Return Path to the Stars”, de Ariel Spilsbury & Michael Bryner, há uma passagem que gostaríamos de destacar:

“A consciência cósmica não está apenas ‘lá fora’; também está ressoando dentro de você. Seja sagradamente enraizado onde você está. Você é feito da Terra! Olhe através dos ‘olhos’ em seus pés. Seu corpo é o foco atual de sua consciência – através dele todos os presentes são recebidos. Lembre-se também de que seu ambiente está vivo e reage à sua consciência dele; portanto, a maneira como você percebe a Terra e sua forma física afeta a informação que você recebe. O maior presente que você pode oferecer ao planeta é simplesmente ser o amor. Acredite em você e nos seus sonhos e visões! Lembre-se de seus dons especiais, seu caminho de serviço na Terra, sua promessa de servir à luz. Tudo o que você é se conecta ao todo maior. Você é uma semente estelar!”

Isso para dizer que no dia fora do tempo você deve estar envolvido com esse salto quântico. Lembre-se que qualquer ação que seja direcionada à espiritualidade será bem recebida pelo Universo. Centre-se no momento presente e viva de acordo com este forte guia espiritual.

Fonte: Wemystic

Fique por dentro das novidades pela nossa página no Facebook ou pelo nosso perfil no Instagram.






Back to top