9 coisas que pessoas espertas NÃO fazem

9 coisas que pessoas espertas NÃO fazem. Foto: Pixabay
9 coisas que pessoas espertas NÃO fazem. Foto: Pixabay

A plataforma TalentSmart testou mais de um milhão de pessoas e descobriu que 90% dos mais altos cargos são preenchidos por pessoas com maior nível de inteligência emocional.

+ Os 4 signos mais chatos do zodíaco
+ Esses signos são os melhores casais do zodíaco; encontre seu match
+ 4 signos do zodíaco que são atraídos pela negatividade

Travis Bradberry, colaborador da Talent Smart, pesquisou o que essas pessoas fazem e evitam fazer para se manterem calmas e no controle das situações.

Confira os resultados a que ele chegou.

1.    Não se importam com a opinião dos outros

Quando pessoas emocionalmente inteligentes se sentem bem a respeito de algo que fizeram, elas não se importam com opiniões alheias ou elogios. Isso porque quando a sua noção de felicidade vem de comparações com os outros, você deixa de controlar sua própria satisfação.

Tudo bem que é impossível ignorar completamente as reações dos outros às suas atitudes. Mas você não precisa se comparar aos outros o tempo todo. Releve boa parte do que as pessoas dizem sobre você num determinado momento ou situação. Uma coisa é fato: você não é tão bom nem tão ruim quanto elas dizem.

2.    Não esquecem

Pessoas emocionalmente inteligentes são rápidas para perdoar, mas isso não significa que esqueceram. Perdoar é deixar pra lá o que aconteceu de ruim para seguir em frente. É completamente diferente de dar uma segunda chance a quem pisou na bola com você. Assim você se protege de possíveis problemas futuros.

3.   Não morrem na batalha

As pessoas espertas sabem como é importante deixar uma batalha para outro dia. No meio do conflito, uma emoção ou reação exagerada podem te tirar do salto alto e trazer danos sérios. Já quando você consegue compreender suas próprias emoções, você é capaz de escolher as batalhas de maneira mais sábia e só ficar no ringue na hora certa.

+ Seu cão tem o hábito de comer cocô de gato? Saiba por que e como dar um jeito nisso

4.    Não priorizam perfeição

Pessoas emocionalmente inteligentes não estabelecem a perfeição como meta porque sabem que é inatingível. Seres humanos erram, simples assim. Quando a perfeição é seu objetivo, você está destinado a falhar e perder tempo, não só tentando conseguir o impossível, como também lamentando por não ter conseguido. É melhor aproveitar e celebrar o que você fez certo do que sofrer com o que fez de errado.

5.    Não vivem no passado

Os erros podem acabar com sua autoconfiança e tornar bem mais difícil a tarefa de acreditar em si mesmo. Na maioria das vezes, as falhas acontecem ao assumir riscos e tentar conquistar algo que não é fácil. As pessoas espertas sabem que o sucesso está em saber “levantar após a queda”.  E essa ascensão é impossível se você ficar vivendo no passado. Se o seu passado se torna seu presente, ele te impede de seguir adiante.

6.   Não se afogam em problemas

Quando você se fixa em problemas que tem enfrentado, você cria e prolonga o estresse e as emoções negativas que surgiram com aquele problema inicial. Pessoas espertas não direcionam suas energias aos problemas, mas focam, sim, em soluções.

+ Confira 8 dicas caseiras para acabar com o mau hálito do seu cão

7.    Não se envolvem com pessoas negativas

É sempre melhor manter a distância de reclamões porque eles só falam de problemas e não conseguem trazer soluções. Geralmente, eles querem trazer os outros para suas lamentações sem fim. E os ouvintes geralmente se veem presos na ladainha porque não querem ser vistos como insensíveis. Daí entram na espiral das emoções negativas. Você pode evitar ser puxado por esta corrente estabelecendo limites e se distanciando quando necessário. Pense da seguinte maneira: se uma pessoa x está fumando a noite toda, você vai sentar ao lado dela e lá ficar respirando a fumaça por horas a fio? Uma bela maneira de impor limites é perguntar aos reclamões de plantão como pretendem resolver o problema.

8.    Não guardam rancor

Guardar mágoas geralmente levam ao estresse. Só de pensar nos acontecimentos que desencadearam o rancor já faz seu corpo entrar num modo de batalha. Quando uma ameaça é iminente, a nossa reação natural é querer sobreviver e, portanto, lutar. Aprender a seguir em frente e deixar uma mágoa para trás não só vai fazer você se sentir melhor como também vai melhorar sua saúde física, segundo pesquisas científicas.

9.    Não dizem sim sempre

Uma pesquisa da Universidade da California mostrou que, quanto mais dificuldade você tem em dizer não, maior a probabilidade de voc6e ter estresse, síndrome de burnout e até depressão. Saber falar não de fato é um dos maiores desafios para muita gente. ‘Não’ é uma palavra poderosa, da qual você não deveria ter medo.

Veja também






Back to top