6 sinais de uma conexão com uma vida passada, de acordo com videntes

Você já encontrou alguém com quem imediatamente sentiu uma forte conexão, apesar do fato de nunca ter conhecido antes? Esse fenômeno pode indicar apenas uma sinergia aleatória, mas poderosa, entre dois estranhos.

No entanto, se você estiver aberto à ideia de vida passada, há uma chance de que você tenha conhecido aquele estranho de aparência familiar em um lugar e ponto no tempo totalmente diferente. Muitos paranormais, espiritualistas e pessoas de diferentes religiões acreditam que temos conexões de vidas passadas com pessoas, lugares e até mesmo animais de estimação em nossas vidas atuais.

Se você tem uma conexão forte com alguém e está se perguntando como saber se alguém é seu parceiro em uma vida passada, eis o que você deve procurar.

1 – Compatibilidade astrológica de vida passada

Se você está se perguntando regularmente “O meu parceiro é de uma vida passada?” então você ficará animado em saber que a resposta pode estar escrita nas estrelas – e seu mapa astrológico de nascimento pode ser capaz de oferecer algumas dicas. O ramo da astrologia chamado sinastria é frequentemente usado para comparar a compatibilidade entre dois ou mais mapas de nascimento e também pode ser usado para identificar relacionamentos de vidas passadas. Um astrólogo experiente saberá quais pistas cósmicas procurar que apontam para um amante de uma vida passada.

“Você pode ver as conexões de vidas passadas muito claramente através da astrologia”, disse Brewer. “(Sinastria) é normalmente usado quando se procura as possibilidades românticas entre dois parceiros em potencial.” Os Nodos Norte e Sul na astrologia representam questões de destino e o Nodo Sul está especificamente associado a vidas passadas. Portanto, além de uma forte conexão pessoal, ter os principais pontos ou planetas em seu mapa alinhados com o Nodo Sul de alguém – ou vice-versa – pode claear sobre a natureza de um relacionamento potencial de uma vida passada.

LEIA TAMBÉM

2 – A Conexão de Vida Passada

Comparar mapas de nascimento é uma prática útil ao explorar a possibilidade de um relacionamento em uma vida passada com alguém, mas às vezes pode ser tão simples quanto notar como você se sentiu quando a conheceu. Conhecer uma pessoa importante de sua vida passada normalmente causa uma sensação perceptível no estômago. A reação à presença deles pode ser boa ou ruim, mas de acordo com Brewer, raramente será neutra. Sentir-se muito atraído ou não gostar de alguém ao conhecê-lo pela primeira vez – sem nenhuma razão lógica ou percepção do porquê – pode ser um sinal de que você se conectou em uma vida passada.

E às vezes a atração energética é ainda mais intensa. Experimentar o sentimento de amor à primeira vista é outro sinal poderoso de que você teve uma vida passada com alguém. “Não existe amor à primeira vista – na verdade é amor à primeira memória”, disse o médium Vincent Genna, MSW. “Sem saber conscientemente, você pode ter uma lembrança de uma vida passada.” Se você sentiu aquela sensação avassaladora de “amor à primeira vista” com seu parceiro, talvez seja porque vocês estiveram juntos em uma vida antes desta.

3 – Você está atraído um pelo outro

Almas gêmeas (ou pessoas com quem você já teve vidas passadas) podem entrar em sua vida atual em todas as formas diferentes. Uma alma gêmea de vidas passadas não precisa ser um parceiro romântico – eles podem ser amigos, colegas ou membros da família. Mas de acordo com a médium Erica Korman, um tema comum entre todas as conexões de vidas passadas é que vocês se sentem muito atraídos um pelo outro. “Ninguém é trazido para a sua vida por acidente”, disse Korman. “Todos nós nos encontramos por uma razão, quer saibamos disso ou não.” Isso pode significar que sua alma tem algum tipo de negócio inacabado para resolver ou coisas que você ainda precisa aprender um com o outro.

4 – Sua dinâmica de relacionamento é confusa

Às vezes, nos relacionamentos, pode parecer que os papéis estão misteriosamente invertidos ou a dinâmica não faz sentido. Se você está familiarizado com esse sentimento e tem relacionamentos adequados, pode haver ações de uma vida passada em jogo. “Você geralmente viaja com o mesmo grupo de almas quando reencarna, mas você pode desempenhar papéis diferentes na vida de cada um”, disse a médium Caroline Zani. “Se você já ouviu alguém dizer, ‘Eu sinto que sou a mãe e ela a criança’, ao falar sobre a mãe, é uma forte indicação de que eles estão exercendo algum equilíbrio cármico.”

Embora existam muitos fatores que afetam a dinâmica do relacionamento, desenvolver uma compreensão das conexões de vidas passadas pode nos ajudar a compreender nossas lutas interpessoais em um nível mais profundo.

5 – O tempo não existe quando você está com sua conexão de vidas passadas

Algumas amizades podem durar uma vida inteira – ou várias, se você acreditar em vidas passadas. Todos nós temos um amigo com quem podemos passar anos sem falar, mas podemos facilmente retomar como se o tempo não tivesse passado, e esses relacionamentos de sentimento atemporal podem apontar para uma conexão com uma vida passada.

Se você está conectado com alguém de outra vida, coisas como tempo e distância não afetarão seu vínculo tão facilmente como normalmente poderiam. Se você pretende se reconectar, esta vida sempre os reunirá. “Com a internet e a rede social, você pode encontrar pessoas perdidas facilmente – isto é, se elas quiserem ser encontradas”, disse a conselheira espiritual e vidente Davida Rappaport. “Se eles não querem que você os encontre, talvez seu carma com eles esteja completo nesta vida.”

6 – As conexões de vidas passadas não se limitam a pessoas

As conexões com vidas passadas não se limitam apenas aos nossos semelhantes. Os animais também podem ter estado com você em uma vida passada. “Em muitos casos, os animais sabem instintivamente onde querem estar – o lar que desejam, o pai humano que procuram – ou sabem que você pode ajudá-los a encontrar o lar de que precisam”, diz Rappaport. “Se alguém é atraído por uma raça específica de animal e não há explicação para isso, pode ser de uma vida passada.”

É possível que alguns animais encontrem humanos porque suas almas estavam ligadas em uma vida passada. Mas, uma vez que não podemos simplesmente perguntar a um animal como ele está se sentindo, temos que seguir nosso instinto. “Pode haver algo sobre um animal que [faz você] sentir que vocês dois pertencem um ao outro, e talvez você faça,” Rappaport diz. “Se um animal quer você, de alguma forma eles vão estar onde você pode encontrá-los e na hora certa.”

Fonte: Bustle

Fique por dentro das novidades pela nossa página no Facebook ou pelo nosso perfil no Instagram.



Back to top