Eclipse lunar de 8 de novembro: veja horário e como assistir

Foto: Samer Daboul

Um eclipse lunar total ocorrerá na manhã desta terça-feira (8), a partir das 5h30 (horário de Brasília). O fenômeno, que acontece quando a Lua entra na sombra da Terra, será transmitido ao vivo pelo canal do YouTube do Observatório Nacional, segundo o canal TechTudo.

O eclipse lunar, porém, não será visível em todo o Brasil – as pessoas que vivem no lado oeste do país terão uma visão parcial, com a Lua já se pondo. Apenas os observadores que estiverem no extremo oeste do estado do Acre terão uma visão total do evento astronômico por poucos minutos. A seguir, veja como assistir ao próximo eclipse lunar na Internet.

Como assistir ao eclipse lunar de 8 de novembro ao vivo e online?

O fenômeno será transmitido ao vivo no canal do Observatório Nacional no YouTube (https://www.youtube.com/user/observatorionacional) a partir das 5h30, com o objetivo de mostrar todas as fases do eclipse. A live faz parte do projeto “O Céu em sua Casa: observação remota”, que mostra o céu em tempo real há mais de dois anos, com telescópios espalhados no Brasil e no mundo.

Onde o eclipse lunar de 8 de novembro será visível e que horas vai começar?

O eclipse lunar ocorrerá na manhã desta terça-feira (8) e não será totalmente visível do Brasil. A fase penumbral começará às 5h02 (horário de Brasília), quando a Lua estará abaixo do horizonte na parte leste do país. Já a faixa que reúne a região sul e boa parte do sudeste e do centro-oeste verá a Lua quase se pondo em toda a fase penumbral. Entretanto, não será possível notar diferença de luminosidade.

A fase parcial terá início às 6h09, com visibilidade nos seguintes estados: Acre, Amazonas, Rondônia, Roraima, Amapá, e parte do Pará, do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul. A cobertura da Lua será maior quanto mais a oeste a região estiver.

A fase total do eclipse começará às 7h17, mas será visível por poucos minutos apenas no extremo oeste do Acre – com a Lua já se pondo. Às 7h59 ocorrerá o auge do fenômeno, e a fase total acabará às 8h42. O fim do eclipse parcial está marcado para as 9h49; o do penumbral, para as 10h50. O evento será visto plenamente na Ásia, América do Norte, América Central, Austrália, Ártico, nos oceanos Pacífico, Atlântico e Índico, no nordeste da Europa e no noroeste da América do Sul.

Para ver os eclipses lunares parciais ou totais, basta ter uma visão clara do céu e da Lua – não é preciso usar nenhum equipamento específico.

Porém, caso o observador tenha um telescópio ou binóculo, conseguirá ver as fases da Lua durante o eclipse. O próximo eclipse lunar total será visível por todo o Brasil e vai ocorrer na noite de 13 para 14 de março de 2025.

Fonte: TechTudo

Fique por dentro das novidades pela nossa página no Facebook ou pelo nosso perfil no Instagram.



Back to top